A partir de agora, o WhatsApp vai poder ser utilizado para receber e enviar pagamentos! Já faz um bom tempo que ouvíamos falar que isso iria acontecer, mas nesta, o Facebook finalmente anunciou que o Brasil será o primeiro país a receber o novo recurso. A novidade também vai permitir que contas comerciais recebam pagamentos por produtos e serviços.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, fez um post em seu perfil explicando que a nova função será possível através do Facebook Pay, numa parceria com a Cielo (que irá intermediar as transferências) e Banco do Brasil, Nubank e Sicredi. A princípio os usuários poderão utilizar cartões de débito ou débito e crédito das bandeiras Visa e Mastercard emitidos por esses bancos.

Então, para enviar e receber dinheiro através do WhatsApp, será preciso configurar sua conta e cadastrar um cartão no Facebook Pay. A opção de pagamentos aparecerá junto ao clipe (o mesmo que se clica para anexar imagens, contatos, etc.) e te direcionará ao aplicativo de pagamentos. No primeiro uso você terá que aceitar os termos, criar uma senha numérica de 6 dígitos, incluir nome, CPF e um cartão emitido por um dos bancos parceiros (será preciso verificar o cartão junto ao banco, que vai enviar um código ao usuário por SMS, e-mail ou aplicativo do próprio banco). Após a configuração estar completa, nas próximas vezes é só ir no clipe e seguir os passos, inserindo o valor e uma mensagem para descrever o pagamento, e depois tocar em “PAGAR”.

Os usuários têm um limite R$ 1 mil por transação e podem receber até 20 transações ao longo do dia com um limite de R$ 5 mil mensais. Pessoas físicas poderão enviar dinheiro e fazer compras no WhatsApp sem taxas, mas só é possível receber a quantia após adicionar um cartão de débito emitido pelos bancos participantes no Facebook Pay. É importante atentar que é preciso aceitar o pagamento dentro de dois dias – caso o usuário não o faça, o pagamento retornará ao remetente.

Já no WhatsApp Business, o empreendedor deve habilitar a opção pare receber os envios de clientes, e criar uma conta Cielo ou conectar uma conta existente da empresa para receber pagamentos por vendas. As contas comerciais não terão limite de transações para receber pagamentos por vendas de produtos ou serviços, mas empresas pagarão uma taxa fixa de 3,99% em cada pagamento.

Uma das principais dúvidas dos brasileiros é em relação à segurança, e o WhatsApp garante que esse é um dos pilares da criação do recurso. Assim, para evitar transações não autorizadas, será sempre necessário informar uma senha de 6 dígitos ou usar a biometria do celular para autorizar cada transação. O WhatsApp Pay não utiliza criptografia de ponta-a-ponta como as conversas, pois os bancos precisam receber as informações sobre cada pagamento – mas a empresa garante possuir um sistema avançado de armazenamento de dados e a criptografia que coleta os números dos cartões em uma rede separada e segura. Os usuários recebem um código de confirmação do WhatsApp, o PIN do Facebook Pay e o código de verificação.

É claro que esse recurso simplificará bastante as transações entre usuários comuns, facilitando enviar dinheiro a amigos e familiares, por exemplo. Mas o grande destaque é para comércios. Segundo o WhatsApp:

Mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas movimentam a economia brasileira, e já é muito comum ‘mandar um zap’ para essas empresas para tirar dúvidas sobre produtos e fazer pedidos. Com o recurso de pagamentos no WhatsApp, além de ver os produtos no catálogo, os clientes também poderão fazer o pagamento do produto escolhido sem sair do WhatsApp. Ao simplificar o processo de pagamento, esperamos ajudar a trazer mais empresas para a economia digital e gerar mais oportunidades de crescimento.

Como o recurso de pagamentos no WhatsApp é oferecido pelo Facebook Pay, a intensão é que no futuro pessoas e empresas possam usar os mesmos dados de pagamento em toda a família de aplicativos do Facebook. O recurso de pagamentos no WhatsApp será disponibilizado gradualmente a partir de hoje, e futuramente todos os usuários no Brasil poderão aproveitar seus benefícios.

No canal do WhatsApp no YouTube já foram disponibilizados alguns tutoriais de configuração do recurso de pagamentos.

Confira mais informações nos links abaixo:

Vídeo de anúncio compartilhado no Twitter: